Follow by Email

19 de mar de 2012

PEDRA VIRA ÁGUA?

  A única verdade que conheço, a frase mais honesta que já presenciei é de que "Não existe honestidade total na vida" . 
Frase corretíssima até então e não precisamos nos esforçar quase nada para entendê-la ( Relembrando que até agora esse blog aqui escreveu de forma básica e praticamente didática) , por isso , se confunde muito a palavra educação com castração. 
Ser educado significa dar oportunidade ao próximo de ser e agir como melhor que couber e tentar uma harmonização sua com ele da melhor forma para ambos. Castração é impor isso como regra e fazendo com que abramos mão de coisas que na verdade não gostaríamos de abrir mão.
Vamos além, ainda não chegamos no campo harmonização, que aí significa estar feliz e centrado vendo que tudo à sua volta evolui para todos. Chegar nesse ponto requer antes de mais nada, subir o primeiro degrau dessa longa escadaria, onde o primeiro e o segundo degraus são os mais importantes, são eles:
_ Ser totalmente sincero o máximo de tempo possível.
_ Tentar diminuir seu ego ao grau máximo e quando conseguir, não cair na besteira de ter orgulho disso.

Falando isso para um amigo, percebi que a reação dele foi adversa, pois ele , como todos os outros, se viu sem o que mais necessitamos nessa vida, noção de ordem e direcionamento e ter importância social, independentemente do tamanho da sociedade em questão.

Assim, fica fácil do "desonesto" sistema arregimentar à maioria, pois a humanidade muito se fragiliza quando uma camada impõe sua vontade à qualquer custo. Se agarra à um Deus inventado por ela mesma e se especializa em ocupar território de formas  diferenciadas.
Ou seja, saída para uma evolução existem várias, mas quem quer de fato? Quem está preparado? Quem abre mão de mudar ? 
Enquanto existir tabus no meio social, existirá todos os seus derivados e sair do lugar será ainda mera utopia!
Como mudar?
Faça tudo que tiver vontade e ainda não teve coragem, respeitando sempre a vida alheia, mas mexa consigo mesmo , enfrente seus medos sem medo, se jogue e reflita sobre os resultados que obteve , só aí perceberá que até antes de nos auto enfrentarmos somos pedras assentadas, só seremos água quando realmente desejarmos. 

Chico Terrah

9 de mar de 2012

TABU DE QUEM?































 A maior parte das vezes reparo que as imagens ditas "indecentes", "os pelados" como dizem, que são tão condenadas pelos radicais e "evitadas' pelos que dizem "isso é pra quem gosta" , como se o prazer , o gozo e o gosto das coisas só fossem válidos entre quatro paredes. Bem, reparo que tais imagens, em sua grande maioria tentam mostrar prazer, alegria, liberdade, quebra de tabus, lucidez.
Para os "decentes" me parece que a vida é mais colorida se presa em padrões , padrões esses que acabam gerando insatisfações, azedumes, irritação e conflitos. São essas coisas que geram em muito imagens de fome,  miséria, corrupção,injustiça ( termo relativo) , ou então, produzem para amenizar, mensagens de verdades absolutas e muitas vezes ligados à religiosidade ou algum nome famoso da história, visto não haver muito poder criativo entre gente reprimida.
Porém, já dizia Sade " O celibato é a pior das perversões" , coisa na qual concordo plenamente. Acredito sim que o poder criativo nasceu com todos, mas a maldita zona de conforto, somada à educação do medo, a regra do bom comportamento geram em verdade os reais estupradores, pedófilos e agressores sexuais. Geram os gananciosos territoriais e politicos, geram os corruptos, geram os prepotentes e repressores.
Gente nua, gente que tem a sexualidade solta, gente que não acredita em monogamismo, gente que não se rotula, esses dificilmente serão pessoas de mesquinhez ou atitude repulsiva.
Sim sou a favor da poligamia , do plurissexualismo, defendo ferrenhamente os homossexuais masculinos , femininos, os bissexuais, os transsexuais, os heterossexuais, defendo os grupos de swing, os atores pornôs, as (os) discípulos de Baco, que a sociedade chama de putas.
Assim, como na posição de artista, defendo a arte feita sem necesisdade de padrões de bom comportamento, defendo uma arte de contra história, o artista buscando sua linguagem, defendo o que os meios hoje sufocam, porque , pela zona de conforto, é tão mais fácil difundir o pronto, o já experimentado, o já conhecido. aprovo todo tipo de arte, todo, sem excessão, mas peço a atenção para aquelas que não interessam à midia.
Repudio sim todo e qualquer tipo de religião, vírus extremamente nocivo à maior parte da sociedade. A religião não tendo como ser clara e absoluta realmente , aliena a grande massa, mesmo dos mais esclarecidos e assim, na "contabilidade da fé" , faz muito mais mal do que bem.
Sugestão?
Conheça melhor sua casa, seu amor, seu vizinho, sua rua, seu bairro, seu país, se entregue à aventuras sensoriais ( cuidado com as drogas, já não são mais o que eram, não vale a pena), psicológicas, faça o que nunca fez antes, arrisque, quebre dentro de você mesmo seus tabus, se auto desafie, porque cada vez, a cada ano que passa, se torna estúpido e ridículo quando a pessoa fala :_ Eu sou assim e pronto!
Aí você pode perguntar:_ E por que você não se arrisca como propõe Chico? Por quê não larga essa polêmica e vai ser conservador um pouco , vai que você gosta?
E eu respondo: _ Eu vim de lá e percebi que era tudo ilusão e mentira, me responde, quem gosta que alguém minta pra gente? Sou o que sou em busca de ser e ajudar a se ter um mundo melhor, porque um mundo de roupa, totalmente hetero, religioso, monogâmico e não questionador, não deu certo.
Vamos nos dar para daí receber, se for o caso de receber, vamos andar para chegar, vamos compreender de uma vez por todas que nada no universo é definitivo a não ser o amor, porque tudo sempre esteve e sempre estará em evolução, até mesmo Deus, principalmente esse, pois sendo Deus, não pode ser algo fechado e definitvo, seria humano demais, então seria divino, mas não seria Deus. 
Bjs e espero que alguém experimente um pouco minhas dicas.

Chico Terrah



23 de fev de 2012

ENTRE FALAR E AGIR, UMA DISTANCIA ENORME

Tem muito tempo que eu venho falando as coisas como acho que poderiam melhorar, isso também há muito tempo incomoda muita gente, pessoas comuns, pessoas que acham que são formadores de opinião, empresas, governos e afins.
Bem, as coisas que eu proponho não são nada fáceis de serem realizadas, dependem de uma autogestão muito rigorosa e presta-se não a se defender do que se propõe, mas ir além do que até agora foi proposto.
Isso gera risos em uns, pânico em outros, repulsas em alguns e adesão mínima, afora os em cima do muro com tudo, acho que esses são a maioria.
Bem, fato é que , assim como na ilustração acima, nossa maior defesa ainda são os dedos segurando algum tipo de máscara em nosso rosto, umas lindas, quase transparentes, outras opacas e sólidas em sua posição.
Não estou dizendo em nenhum momento que concordar comigo seja o certo a fazer, de modo algum, o que quero com tudo isso é perguntar:
_ A gente na vida realmente acredita em alguma coisa por acreditar? Ou tudo em nome de uma conveniência que nos conforte, nem que seja só um pouquinho?

Pensar nisso é louco e acho que nos coloca numa encruzilhada e das grandes!!!

Bjs

Chico Terrah

21 de fev de 2012

A INCOMPETENCIA HUMANA





Há algum tempo surgiu algo na internet que parecia revolucionário, o grupo Anonymous, com propostas muito similares à obra de HQ entitulada V de Vingança. Pois bem , assim como eles, todos que se prontificaram a ser "revolucionários" usavam máscaras, seja em rebelião de presidios, atentados terroristas, guerrilhas, o que fosse. Características similares, objetivos similares, discursos similares. 
Apedrejam-me alguns , por eu propor formas diferentes, caminhos diferentes e discursos diferentes de tudo isso, onde não proponho o uso de máscaras, mas sim da nudez total , fisica, mental e espiritual. Não proponho prejudicar quem quer que seja, mas evoluir as pessoas, quais quer que sejam. Não proponho um distanciamento de classes por qualquer motivo que seja, mas a aproximação máxima de todas e compartilhamento de todo espaço para com todos, iniciando pela sexualidade livre. Porque falar que democracia é um regime politica perfeito é hipocrisia demais, socialismo é ditador demais, comunismo é mentiroso demais, capitalismo é frágil demais, parlamentarismo é tendencioso demais, ou seja, a única proposta que consigo conceber como razoável é o anarquismo,porque chama o individuo para a responsabilidade única, porque niguém o representa a não ser ele mesmo.
Mas isso necessitaria combater o que move o mudo atual, a corrupção, sem ela nada poderemos comer, beber, fazer ou ter, pois em qualquer setor, seja ele qual for, em algum grau do ciclo dessa coisa, existirá algum tipo de corrupção.
Mas creio que a vida como proponho ( e amaria depoimentos mais nesse blog sobre isso e até atitudes concretas) pode sim fazer a diferença, tirar as coisas do lugar como estão e onde estão e fazer retomar o debate geral, a opinião geral. Não creio que máscaras sejam sinceras e por mais que falem, deixam subliminarmente claro que querem adesão através da estratégia de sedução, máscara dá ideía também de poder, então, o "revolucionário" no frigir dos ovos quer o lugar de quem está no poder, que por sua vez o obteve, usando de alguma maneira outra máscara.
A máscara pode conter a verdade?
Só a do ator de fato e direito,
do restante, só de pode obter a verdade real mesmo com demosntrações de amor e desapego.
Façamos de nós mesmos o poder, tirem suas roupas sempre, façam amor com todos, vibrem positivamente e neguem-se a fazer mal mesmo ao considerado "inimigo", isso sim, é revolução.
Bjs

Chico Terrah

18 de fev de 2012

O DESSERVIÇO DA RELIGIÃO

Minha posição, depois de muito andar por aí pesquisando o que considero religião de massa, é de que isso é um desserviço à humanidade, pois baseiam-se todas, sem exceção no principio de que:
"_ Precisamos fazer a humanidade acreditar que precisa acreditar em alguma coisa e essa coisa só quem sabe somos nós"

Sendo assim, tudo se estipula por uma moral imposta, que , ao não cumprí-la teremos uma dívida social e espiritual por nosso comportamento.

Acredito totalmente na existência de Deus, pois o sinto, vejo , todo e tenho provas dele em absolutamente tudo, porém, esse Deus jamais estabeleceu regra alguma, jamais condenou ninguém, não precisa de grana, não impõe nada, reconhece que tudo, inclusive ele , está em evolução constante e initerrupta.
O que me deixa chateado é que a conveniente lei dos homens, da qual o povo nunca participa da eleboração,  me obriga a ter "respeito" pela crença do outro, a maioria dos "outros" não estuda, não questiona, aceita explicações abstratas e se acomoda no que os "lideres" religiosos dizem.
Como é simples né?
Como é fácil ver a preguiça na maioria das cabeças e o oceano de carência de pai nesse corações de cabeça vazia.
Repito, a religião, no MEU ponto de vista é um desserviço à evolução da humanidade.
Já me chamaram de tudo por pensar assim, só aviso aos mais fanáticos, o DIABO como vcs chamam, dizendo que sou vítima dele, foi CRIADO 800 anos antes de Cristo (que nasceu 7 anos antes do previsto) e era usado como instrumento de repressão social contra manifestações de trabalhadores insatisfeitos. 
Então, não venham me xingar de coisas ingenuas que o papo aqui é pra adulto ok?
Viva Deus, que é nu, que é livre, que quer tudo livre !!!!
Chega de botarmos todos os problemas na conta dele e milhões na conta de quem pretenciosamente acha que o representa ok?
Bjs

Chico Terrah

16 de fev de 2012

TOPLESS NÃO!!! POR QUE?





Imaginem a possibilidade de mostrarem os seios em público? Deus que me livre?
"Seio é algo íntimo , só pra pessoa que eu amo ver " - Grande conceito e prova de que você não ama nem a si mesma, não porque não mostre os seios, não por isso, mas achar que repreender seu corpo de andar à vontade e viver à vontade é prova de amor, tá aí uma visão bem igeja católica da idade média (era que ainda não saímos), onde a prova de amor vem do sacrifício, da reclusão e da punição. 
"Os seios são meus e eu faço o que eu quero"- Não discordo e ainda protejo essa posição, que fique claro, o que faço aqui é mostrar que tem muita, mas muita gente que entende que existe o direito de andar com os seios nus sem que isso pareça um escândalo. Você vai dizer que em alguns países da Europa isso é permitido, ok, mas porque ter que se deslocar tanto, para lugares tão exclusivos só para usufruir do direito de não usar certa peça de roupa?
Topless sim, iguala na aparencia os sexos, simboliza a não mais repressão machista imposta há milênios por gente que queria ver a mulher sempre reclusa em alguma coisa ( e muitas ainda não perceberam); sim topless seduz aos que apreciam os seios femininos. E daí?
Acha que quando você passa na rua ninguém te olha? Seja magro, gordo, feio, bonito, deficiente fisico. Muita gente te olha , você que tá ruim de percepção. Porém, se o topless for assumido, continuarão os olhares, quem sabe algumas cantadas iniciais, mas é uma boa forma de reeducação das pessoas, onde elas assumem a sedução e a curtem , sem desrespeitar ninguém.
Vou além meus amores, é esmagadora a quantidade de homens e mulheres que adoram seios, gostam de ver, tocar , beijar, enfim. Acho que tudo pode, desde que com respeito, afeto e sinceridade. Brincar com o corpo deve ser um prazer mútuo e uma descoberta de nossas próprias reações. Todos os bem resolvidos amam ser tocados e tocar, nem por isso são "punheteiros profissionais", sabem distinguir as coisas. Tenta ser como eles pelo menos por um tempo e verá que tudo é muito diferente do que pensávamos, mas tem q praticar pra poder falar, se não, serão só hipóteses, defesas do porque não fazer ou acusações vagas, pois não tem como ter profunda propriedade sobre essa contextação.

O TOPLESS SÓ SERÁ ACEITO QUANDO VOCÊ COMEÇAR PRIMEIRO, POIS MUITAS LHE SEGUIRÃO, ACREDITE! 
 
Aproveito para mostrar uma molecagem engraçada, mas que vale umas risadas, o record bobo de um garoto que apertou mil pares de seios na Russia, rsrs, vida é pra brincar e brincar com afeto nunca desrespeita ninguém.

http://www.anetemchock.com/2011/09/o-homem-que-pegou-em-mil-peitos.htm

DE FORA PRA DENTRO ( PRESTE ATENÇÃO CALMAMENTE NAS FOTOS)











Num primeiro momento você pode ter rido,num segundo momento ter pensado : "lá vem o Chico Terrah com mais sacanagenzinhas", pode ter pensado muita coisa e a maioria garanto que teve uma reação negativa ou defensiva ( através da sátira ou da repreensão). Ok, compreendo perfeitamente à todos, porém, peço que por um momento percebam o seguinte:
Se a proposta desse site é uma reinvestigação começando de fora para dentro, já que de dentro para fora não creio ser mais o caso ( se não o mundo estaria mais bem resolvido), começo por perguntar:
_ Por que temos tantas convenções de limitação fisicas , agregadas à moral , costumes , sexualidade, religiosidade ou posição social?
_ Por que é tão vasto o livro do "não pode" ou "não deve" ?
_ Quem disse que tocar o corpo das pessoas é errado, invade a intimidade? Que intimidade? A que disseram que você tinha? Que intimidade é essa tão preciosa que uma bomba, um acidente, uma perda, uma doença, uma guerra podem destruí-la em segundos?
_ Seria essa intimidade a sua "zona de proteção" às coisas desconhecidas, ao novo, ao livre demais?
_ Ou será um conceito sólido de proteção ao não fazer, ao não aceitar, ao não conviver diretamente com o que lhe ensinaram que não é certo?
_ Quem ensinou primeiro ? Por favor, não apele para divindades, isso aqui é um papo adulto.
_ Os que primeiro ensinaram a não tocar no próximo de forma física, por acaso calcularam a falta de afeto dos dias de hoje?
_ É mais decente segurar um fuzil do que um pênis ou um seio?
_ É menos deselegante criar mil artifícios para se aproximar de quem deseja para só depois dar o afeto que nasceu em você por ela tão simples e natural?
_ Tocar e ser tocado ainda é tabu ou é sinal de respeito?
_ Se permitir que se aproximem não reeducaria com o tempo pessoas que a principio só pensam no prazer carnal exatamente porque de alguma forma sofreram repressão sobre isso antes?
_ Será que só olhar uma menifestação mais profunda de afeto seria "contemplar a sacanagem"?

Bem, aí ficam meinhas questões entre várias que virão e não ficarão só no universo sexual, mas começo por ele por ser a base de nossa existência e como já disse, tudo se questionará de fora pra dentro.
Toquem-se e deixem-se tocar, dispam-se de tudo, não só de roupa e renovem o olhar sobre as coisas, isso sim nos faz crescer mais ráipdo do que ter muita grana.
Garanto!!!
Bjs

Chico Terrah

15 de fev de 2012

PROVINDO DE CENSURA

Muito bem, aqui estamos nós ( eu e vocês) de volta para falar de mil coisas que estão em duvidas ou mistérios em nossas mentes reparativas. Redes sociais me censuraram , mas não me rendo, isso seria péssimo para minha luta em favor de reflexões e evolução do mudo em que vivemos.
Assunto de hoje :PUDOR
Ele vem de inúmeras maneiras, em diversos segmentos e é uma das principais coleiras dos "controladores", sim eles existem e estão diante de nós o dia todo em todos os lugares. 
É mais rápido no mundo de hoje condenar um "despudorado" do que um assassino, um político corrupto, um ditador genocida ou mesmo resolver o problema da miséria.
O "despudorado" representa tudo que nos ensinaram a condenar no ambito sexual, religioso, ético, social , psicológico e cultural. Mesmo os discursos mais modernos acabam de alguma forma ficando em cima do muro, porque peder o pudor não é algo tão fácil assim, requer diciplina, vontade , sensação de necessidade, meta e desapego. 
Não estou aqui condenando os que tem algum tipo de pudor (até eu mesmo tenho uns estranhos), mas estou aqui para incentivar à juntos começarmos a refletir sobre a possibilidade de encará-los de frente, de não ter que buscar um porque dentro de uma lógica social de perdê-los, mas sim dentro de uma lógica individual. 
Por exemplo : 
Por que temos que usar roupas o tempo todo?
Por que temos que ser monogâmicos?
Por que o topless não é incentivado à legalidade no Brasil e outros países ?
Por que não exercitamos a delicadez e a gentileza na hora de questionarmos os outros?
Por que temos a necessidade de dizer ou mostrar o que temos, o que é nosso?
Por que a dificuldade de torcer pelo sucesso alheio?
Por que somos educados a condenar , mesmo que singelamente , pessoas de sexualidade livre?
Por que confundimos traição com falta de lealdade?
Por que as manifestações de afeto tem limtes?
Por que nossos corpos tem fronteiras para serem tocados?
Por que nos preocupamos tanto com o que os outros vão pensar da gente?
Por que seguimos ainda hoje regras criadas por pessoas há milênios, que nem faziam idéia de como o mundo seria hoje?
Por que a maioria de nós vive sem se auto questionar ou se auto criticar , indo direto ou pra bolha isolante da zona de conforto ou pra auto condenação?

Essas perguntas eu creio são a essência desse blog, que incentiva ao naturismo sem regras engessadas, ao afeto livre, à sexualidade livre, ao amor coletivo, à experiencia ampla de tudo para depois sabermos se valeu ou não, ao despertar de uma nova ótica , à lucidez sobre a industria da dominação do rebanho chamado humanidade.
Quero postar fotos de gente que se identifica com esse blog, sem censura, sem pudores e sem hipocrisia.


SER HUMANO NU BRILHA COMO ESTRELAS , 
ESTRELAS NUAS BRILHAM COMO A GENTE!!!